O crime do Padre Alberto

Leila Cordeiro, Direto da Redação

“Albert Cutie, é chamado de Padre Alberto pela comunidade hispânica do Sul da Flórida. Ele é o pároco de Miami Beach e é conhecido como “Padre Oprah”, por ter um programa de rádio no Sul da Flórida. Cutie também já foi estrela de um talk-show na Rede Telemundo quando discutia assuntos polêmicos e atuais com personalidades locais.

Padre Alberto nasceu em Porto Rico, é jovem e sempre foi muito respeitado pelos fiéis da paróquia devido ao seu discurso extremamente religioso. Escreveu um livro sobre amor verdadeiro e durabilidade dos relacionamentos humanos, e aparentemente sempre respeitou os dogmas da igreja católica, entre eles o celibato.

Até que um desses paparazzi que vivem de plantão por todo o canto farejando flagrantes de gente famosa, passou por uma praia em Miami e reconheceu o padre Alberto deitado na areia em boa companhia. Chegou mais perto e tão teve dúvida. Era ele mesmo, o padre Alberto traindo seu voto de celibato de calção de banho, aos beijos e abraços com uma morena de biquini, completamente à vontade.

Pronto! Foi o suficiente para causar um escândalo. O fotógrafo mais do que depressa tratou de vender as preciosas fotos por um preço acima do mercado. Negociou-as com um tablóide em espanhol que colocou-as em destaque na capa da última edição.”
Matéria completa, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: