Quem tem medo de avião?

Leila Cordeiro, Direto da Redação

“É difícil a gente encarar de frente nossos medos e admiti-los publicamente principalmente quando o temor de alguma coisa é quase incontrolável. Ao admiti-lo parecemos mais frágeis e vulneráveis. Mesmo assim, eu confesso: morro de medo de avião.

Pois é, quando digo isso numa reunião social, por exemplo, parece que todo mundo respira aliviado por ter encontrado uma medrosa assumida que fala a plenos pulmões da sua dificuldade de encarar com naturalidade uma simples viagem de avião, mesmo que de apenas uma hora. Para mim, parece uma eternidade.

Pode-se chamar isso só de medo ou devo me considerar uma paranoicazinha já em fase adiantada de pânico? Não creio. Com essa de assumir meu pavor de avião, já consegui seguidores em vários lugares, todos também assumidos, sempre com uma história de vôo turbulento para contar.

Mas é quando acontece um acidente, como esse da Air France, que os nervos ficam mais ainda à flor da pele, principalmente quando é véspera de viagem. Cada vez que cai um desses monstros voadores, fico pensando nos minutos que antecedem o desastre. Parece mórbido, mas é apenas angústia minha ao imaginar o que esses passageiros pensaram em meio ao caos de uma tragédia iminente.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: