Todo santo 1º de julho

Eduardo Guimarães

“Todo santo ano é a mesma aporrinhação, nos jornais, nas rádios e na televisão

Você, desmemoriado, não se lembra, não, mas, antigamente, havia inflação

Como se alguém pudesse não se lembrar com a mídia todo ano a nos chacoalhar

1º de julho, se você ligar a televisão, lá estará o maldito bordão do príncipe que matou o dragão

E nem pegue o jornal que não adianta, pois também ali é o real que canta

Também pode esquecer a internet, nem adianta ler as entrelinhas, porque é lá que o real apaga as velinhas

Unidade monetária que faz aniversário não era só o que faltava no seu anedotário?

Não embarque nessa, meu irmão, vê se te atina, pois inflação havia em toda a América Latina

Da Argentina ao Azerbaijão, em todo o Terceiro Mundo havia inflação
Para todos o plano era total, havia que implantar a âncora cambial
Foi em Washington que eles deliberaram, mas foi aqui que todos se ferraram

Uma “dama de ferro” e um cara-de-pau, fizeram o mundo se dar muito mal

E, mesmo assim, todo santo ano continua essa aporrinhação, nos jornais, nas rádios e na televisão”
Cidadania.com
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: