Estado plurinacional

O Brasil desenvolveu algumas características antropológicas ao longo do seu tumultuado e contraditório processo civilizatório que o diferencia da grande maioria das outras nações, inclusive do continente sul americano.

Eduardo Bomfim, Vermelho.org

Tornou-se um País que fala uma só língua, a portuguesa, e não possui movimentos ou reivindicações separatistas.

A sua conformação cultural é um forte elemento de unidade nacional, muito embora exista uma grande diversidade regional e manifestações oriundas, fundamentalmente, de suas matrizes africanas, índia e portuguesa.

Mas essas diversidades confluem sempre para o sincretismo e mesmo outras tendências advindas de massivos processos de migrações posteriores, principalmente durante o século dezenove e início do século vinte, nunca constituíram elementos apartados do espírito cultural nacional, ao contrário, a ele procuram alguma forma de incorporação e identidade.
Outra característica singular dessa tendência é a inclinação à chamada antropofagia cultivada pelo povo brasileiro quando se trata de absorção de valores e linguagens, ou mesmo de modismos passageiros, provenientes da hegemonia cultural ou econômica de um determinado País.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: