Chargista Nani reúne desenhos 'ecológicos' e memórias em livro

“Nos anos 70, quando o aquecimento global ainda era um fenômeno desconhecido, o chargista Nani, iniciando a carreira, já chamava a atenção para o problema no Pasquim.

Trinta anos depois, em meio a furacões e degelos árticos, seus desenhos “ecológicos” dão ainda mais medo, mas continuam engraçados, como é possível conferir na coletânea Aquecimento global. Prolífico, o chargista lança simultaneamente o livro de contos A santa no poleiro, no qual reinterpreta diversas histórias de sua cidade natal, a pequena Esmeraldas (MG).

– A palavra ecologia foi introduzida no Brasil pelo Pasquim – lembra Nani. – O Brasil era o “país grande” e destruição da natureza era uma bandeira de esquerda. O governo iniciava a Transamazônica e tocar no assunto não era visto com bons olhos. Ainda era um problema abstrato. Mas começou com Adão e Eva urinando no rio...”
Bolívar Torres, JB Online
Matéria Completa, ::Aqui::

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: