"Crepúsculo" introduz vampiros no universo adolescente

“Vampiros são personagens extremamente ambíguos no cinema e na literatura. Do conde Drácula inventado pelo escritor Bram Stoker a Lestat, personagem dos livros de Anne Rice, essas criaturas seduzem e causam medo. "Crepúsculo", baseado no primeiro livro de uma série de sucesso, acrescenta mais um capítulo sobre os mortos-vivos no cinema.

O longa, que estréia em cópias dubladas e legendadas, é um dos mais aguardados, em especial por uma legião de fãs dos romances de Stephenie Meyer, cuja obra parece Anne Rice para adolescentes. O primeiro romance chega como prólogo para a adaptação dos outros três livros.

Dirigido por Catherine Hardwicke ("Os Reis de Dogtown"), "Crepúsculo" mostra o amor impossível entre a humana Isabella "Bella" Swan (Kristen Stewart, de "Na Natureza Selvagem") e o vampiro Edward Collen (Robert Pattinson, que se tornou o galã juvenil do momento).

Ao entrar numa escola em sua nova cidade, Bella sente-se deslocada e praticamente não tem amigos. O mesmo acontece com Edward e seus irmãos, que são todos pálidos e não se misturam com os outros jovens. Uma série de incidentes aproxima a moça e o vampiro, apesar de uma hostilidade inicial.

Os vampiros de "Crepúsculo" são diferentes daquele tipo que Bram Stoker tornou famoso. Aqui, apesar de pálidos e sedutores, como o conde Drácula, eles não dormem em caixões, não temem a noite, nem alho. O que move os personagens é um amor carregado de romantismo, atualmente mais raro no cinema para jovens, no qual tudo, nos últimos tempos, parece basear-se no cinismo.”
Reuters
Matéria Completa, ::Aqui::

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: