Para baterista do U2, Blair é criminoso de guerra

“O baterista do U2, Larry Mullen Jr, fez críticas esta semana ao ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair, qualificando-o de criminoso de guerra e mostrando insatisfação pelo apoio que Blair recebe de Vox Bono, o vocalista da banda.

De acordo com a revista inglesa "Q", Muller se revelou descontente com o contato mantido por Bono com o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair.

"Eu acho que Tony Blair é um criminoso de guerra, e que ele deveria ser julgado como um criminoso. Aí eu vejo Bono e ele como colegas, e penso: 'Não gosto disso'", afirmou o músico.

Ele também foi irônico ao comentar a relação de Bono com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush.

"George Bush tem sido generoso com a causa [de Bono]... a diferença entre ele e Tony Blair é que Blair é inteligente. Portanto ele não tem desculpa para o que fez", disse. "Já George Bush poderia encontrar algumas desculpas para o seu comportamento", concluiu.”
Vermelho.org

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: