Redes sociais vão para além dos próprios sites

“Em 2008, conceito de “social” saiu só das mãos de Orkut e Facebook e passou a estar em jornais e até campanha política

As redes sociais saíram dos sites das redes sociais. Em 2008, quando o conceito de “social” deixou os domínios dos gigantes Orkut, Facebook ou MySpace, a síntese do novo momento foi a eleição do presidente norte-americano Barack Obama. Ele não só tinha o seu perfil no Facebook e no Twitter, como criou a sua própria rede social, nos moldes do Orkut.

Foi com seu “próprio Orkut” que Obama arregimentou seis milhões de pequenas doações, que não passaram de US$ 100. Foi por meio de sua rede também que ele colocou eleitores em contato com eleitores para que eles se organizassem e fizessem campanha espontânea para sua corrida à Casa Branca. Para sua mensagem se espalhar ainda mais, no Twitter e no Facebook, o candidato informava os eleitores.

A experiência de Obama também foi replicada em jornais, portais e até em games. OWall Street Journal e o Le Monde, por exemplo, montaram as suas próprias redes sociais, em uma tentativa de atrair os leitores com as ferramentas “a que eles já estão acostumados”. Portais brasileiros abriram espaço para blogueiros independentes, em uma forma de também trazer conteúdo ao qual as pessoas estão acostumadas na web.”
Rodrigo Martins, Link / O Estado de São Paulo
Matéria Completa, ::Aqui::

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: