Outros sertões

Eduardo Bomfim, Vermelho.org

"É muito comum em todo o Brasil, observar o nordeste brasileiro sob o ângulo de um velho clichê que corresponde, atualmente, a uma visão sentimental, paternalista e ultrapassada de quem não acompanhou o processo de desenvolvimento nacional. Assim como todo o Brasil, o nordeste mudou e muito. Houve crescimento e desenvolvimento em larga escala. A face do país não corresponde há muito tempo a uma nação rural.

No entanto, muitos acadêmicos ainda teimam em querer identificar um nordeste arcaico, quase uma Sicília de “O Gattopardo” de Giuseppe Lampedusa. Mas o Nordeste não fugiu à regra e novas questões condicionam e determinam o futuro das antigas mazelas sociais.

São muitos os estudos econômicos e os ensaios sociais, demonstrando uma realidade que surgiu e mudou irreversivelmente a face dos Estados nordestinos, exigindo uma nova reflexão e uma outra intervenção política transformadora.

Intelectuais de grande competência científica, como Tânia Bacelar, produzem excelentes diagnósticos e apresentam soluções para esse novo cenário. Recentemente apareceu um ensaio de Roberto Cavalcanti de Albuquerque do Instituto Nacional de Altos Estudos sobre a perspectiva nordestina.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: