Denúncia contra racismo cresce no Rio

“As denúncias de racismo no Rio de Janeiro têm aumentado. É o que revela balanço do Disk Preconceito, divulgado ontem pela Comissão de Combate às Discriminações e Preconceito da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Há quatro meses em funcionamento, o serviço atendeu cerca de 80 pessoas. As informações são da Agência Brasil.

O serviço oferece apoio jurídico e social. Além disso, presta informações sobre como notificar a violência, orientando as vítimas a registrarem ocorrência em uma delegacia de polícia. Advogados também acompanham o envio dos inquéritos ao Ministério Público. Até o fim de fevereiro, 31 denúncias se tornaram processos, que devem ser analisados pela Justiça.

De acordo com a presidente da comissão, a deputada estadual Beatriz Santos, a maior parte dos casos era de injúria. "Coisas como macaco e crioulo fedido", informou durante audiência pública. Segundo a deputada, a maior parte das vítimas era de mulheres negras, mas também há registro de pessoas com deficiência, na capital e no interior.”
Tribuna da Imprensa
Matéria Completa, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: