Saramago diz que culto da frivolidade é inquietante

"O filme sobre o livro Ensaio sobre a Cegueira, dirigido pelo director brasileiro Fernando Meirelles, estreiou na Espanha nesta sexta (13) com o título À Ciegas (às cegas). Apesar de não estar muito contente com o nome dado à película, José Saramago diz que o resultado "é uma adaptação quase perfeita, tendo em conta que não há adaptações perfeitas".

Em entrevista, o escritor português reconheceu que o sucesso das suas obras é "um enigma", pois o "culto actual da frivolidade é inquietante". Apesar de não ser fácil ler os seus livros, Saramago mostra-se satisfeito por ter conseguido chegar a mais de três milhões de leitores em todo o mundo.

Título infeliz

"Fazer as coisas às cegas é fazê-las sem saber o que se quere fazer realmente, e não é isso o que ocorre nesta história, em onde todos os personagens são cegos de verdade", explicou hoje durante o lançamento do filme em Madri o escritor português que, por outro lado, sempre elogiou a adaptação de Meirelles.

"É uma adaptação quase perfeita -porque não há nada perfeito- do romance. Não gosto de adaptações literárias para o cinema, como ocorreu com 'Guerra e paz', por exemplo, mas sou muito de antipatias e simpatias, e a equipe (de Meirelles) me caiu bem desde o primeiro momento", afirmou o escritor.

Por isso, Saramago conta que deu "total liberdade para fazer o que quisessem", uma liberdade que Meirelles deixou de lado em mais de uma ocasião, "porque já com o roteiro nas mãos, tinha que recorrer constantemente ao livro para saber o que na realidade queria contar", apontou o cineasta.

Meirelles, que abriu a última edição do Festival de Cannes com este longa-metragem, aproveita o fato de a humanidade estar paralisada por uma misteriosa epidemia de cegueira, para explorar o bom e o mau da natureza humana.”
Vermelho.org
-----------------------------------------------

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: