Bangu pioneiro

Mair Pena Neto, Direto da Redação

“O bairro carioca de Bangu está prestes a reescrever a história do futebol brasileiro. Depois de provar que o Bangu Atlético Clube foi o primeiro time a ter um jogador negro, em 1905, fato que era atribuído ao Vasco da Gama, cujo futebol só começou em 1915, o bairro proletário aposta que a primeira partida de futebol no país foi disputada em campo improvisado nos jardins da fábrica de tecidos que lhe deu origem.

Até agora, a chegada do futebol no Brasil é atribuída ao paulista filho de ingleses Charles Miller, que retornou de uma temporada de estudos na Inglaterra, em 1894, trazendo duas bolas e algum material. Miller organizaria a primeira partida em 14 de abril do ano seguinte, entre as equipes da The Gas Work Team e a The São Paulo Railway, onde trabalhava.

O historiador Carlos Molinari defende que a história é diferente e que foi o escocês Thomas Donohoe, um técnico tecelão que imigrou para trabalhar na Companhia Progresso Industrial do Brasil, mais conhecida como Fábrica de Tecidos Bangu, o responsável pela primeira partida de futebol no Brasil.

Donohoe embarcou no porto de Southampton, na Inglaterra, e chegou ao Rio de Janeiro em 1893, ainda antes da inauguração da fábrica. Segundo Molinari, o escocês acreditava que o futebol já era popular no Brasil e que jogaria aqui contra estudantes universitários. Só que Bangu, anota Molinari, não tinha clubes de futebol e muito menos universidade.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: