A ambição de poder (também na internet)

Julio Daio Borges, Digestivo Cultural

“Ultimamente, foi significativo o mea-culpa de alguns blogueiros importantes, que confessaram estar aumentando artificialmente seu número de seguidores no Twitter. Suas justificativas não me interessam tanto, até porque não vou fazer, aqui, nenhum julgamento do comportamento deles. Minha motivação é outra: entender por que a ambição desmedida sempre volta, mesmo em ambientes onde a competição, em tese, não deveria mais fazer tanto sentido — na internet, quero dizer.

O desejo de controlar a internet é quase antigo já — de tão velho — e, pelo visto, não deve morrer tão cedo (se é que alguém não vencerá a batalha final pelo controle... o Google?). Desde que conheço a internet — e eu já a conheço há quase 15 anos —, alguém está tentando se apropriar dela, como se fosse uma nova corrida do ouro.

Vale lembrar a tentativa da AOL, nos EUA — que, de um provedor de internet, queria passar a dona da internet, fechando seus clientes no que chamaram de "walled garden" ("jardim murado", em tradução livre). E a sua imitação, no Brasil: o UOL. Se o Universo Online parece hoje quase inofensivo — perto do Google —, não acredito que isso seja por causa da "benevolência" das famílias Frias e Civita (fundadoras do portal), mas simplesmente porque o UOL tentou replicar um negócio (obsoleto) de jornais e revistas, investindo menos em tecnologia do que deveria.

E a Microsoft, naturalmente, tentou controlar a internet desde o começo — e, mesmo com a ascensão do Google, não parece disposta a desistir da briga. Outro dia, o Tim O'Reilly lembrou a "Microsoft Network", que deu nome ao "nosso" MSN, mas que, muito antes disso, foi uma tentativa de construir uma rede paralela — isso mesmo, paralela à internet. A Microsoft achava que entendia muito mais de redes do que esses "amadores" que estavam montando servidores em suas casas — fornecendo uma plataforma muito mais "confiável" e "segura". (Vocês conhecem esse discurso de algum lugar?) Mais uma vez: lutando contra a Web... quem venceu?”
Matéria Completa, ::Aqui::

Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: