Um outro jornalismo é possível

Mário Augusto Jakobsdkind, direto da Redação

“E caiu a exigência do diploma para o exercício profissional de jornalista. A decisão do Supremo Tribunal Federal foi de goleada, 8 a 1, a favor do que o patronato vinha exigindo há anos. Assim, os ministros da instância máxima da Justiça brasileira decretaram o fim do preceito que já estava em vigor há 40 anos e que desde 1918 jornalistas reunidos no I Congresso da categoria defendiam a necessidade de formação universitária para o exercício profissional, chegando a aprovar uma possível grade curricular do curso de jornalismo.

Portanto, é sofisma para enganar os incautos argumentar que a lei que dispôs sobre a exigência do diploma não passava de um “entulho da ditadura”. Esqueceram de dizer, que mesmo sob o jugo de uma ditadura cruel, apoiada em grande escala pela mídia hegemônica, o país não deixou de existir e não necessariamente todas as leis baixadas restringiam a liberdade.

Mas a maior hipocrisia dessa história toda é ver o canal de televisão de maior audiência, a Globo, saudar a decisão do STF, inclusive em nota oficial, e colocar na berlinda a figura de Gilmar Mendes, o relator da matéria sobre o diploma. E vejam os leitores, a TV Globo falando que “cai mais um resquício da ditadura”, é mesmo muita hipocrisia.

Curioso, os representantes do patronato - Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abert) e a Associação Nacional dos Jornais (ANJ) – ao aplaudirem a decisão usaram os mesmos argumentos do relator Gilmar Mendes. Esses senhores são os primeiros a pressionar o Congresso, o Executivo e o Judiciário quando têm interesse em decisões favoráveis aos seus desígnios. Tem sido assim ao longo da história.

A mídia hegemônica que pratica o jornalismo de mercado não dá uma linha para contar as histórias (no plural mesmo, porque são muitas) sobre Gilmar Mendes, que virou ministro graças ao padrinho Fernando Henrique Cardoso.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: