Macaco Simão: censura de Juliana Paes é "medieval"

Claudio Leal, Portal Terra

"Nem duas gotas de um colírio alucinógeno ajudariam o humorista José Simão a enxergar os motivos da zanga da atriz Juliana Paes com suas colunas no jornal Folha de S. Paulo. Incomodada com as referências a sua personagem na novela "Caminho das Índias", da Rede Globo, Juliana moveu dois pedidos de indenização, um contra o colunista, outro contra o jornal.

Por decisão do juiz João Paulo Capanema de Souza, do 24º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, "Macaco" Simão está proibido de se referir a Juliana Paes, misturando-a com a personagem "indiana" Maya, sob pena de desembolsar R$ 10 mil.

- Eu acho medieval. Mas, sinceramente, processo é o direito de qualquer pessoa (...) Agora, essa medida cautelar é censura. É diferente. Eu tenho o processo, mas tenho essa medida cautelar em cima. Isso é censura - protesta Simão.

O juiz Capanema deferiu "a antecipação dos efeitos da tutela para que o Réu se abstenha de fazer publicar nos meios de comunicação escritos e falados em que atua e vier a atuar (Jornais, revistas, rádio, portais de internet, sites, blogs, twitter, Orkut, etc.), referências feitas sobre a casta e castidade da Atriz e Autora Juliana e sobre seu casamento com uma bananeira, incluída principalmente a referência sobre ela descascar a banana do convidado e, transando com uma bananeira, ser a definição do termo banalidade".

Ele determina que o humorista "se abstenha de se referir diretamente à Atriz Juliana Paes, confundindo-a com sua personagem Maya".

A referência ao ato de "descascar banana", num sentido bem mais dilatado do que tirar literalmente a casca com a mão fechada, se deve a uma coluna de 6 de fevereiro do "esculhambador-geral da República", como Simão se define. Abre travessão:

- Par romântico, Juliana Paes e Márcio Garcia. Amor impossível: Juliana Paes é de uma casta, e Márcio Garcia, de casta inferior. Porque veio da Record. Rarará! (...) E é complicado, tudo por castas. A Juliana Paes é da casta das gostosas. Aliás, a Juliana Paes não é nada casta! A Juliana Paes é da casta das nada castas! E sabe o que um amigo meu vai gritar no casamento com a bananeira? Juliana Paes, quero descascar a minha banana!”
Foto: Marcelo Pereira (Terra/2006): Juliana Paes sem calcinha!
Entrevista com Macaco Simão, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 comentários:

dany disse...

exotic women!

Anônimo disse...

Juliana Paes é ridícula. Até a "tcheca" dela a gente já viu. Uma mulher que se acha o último biscoito do saco. Me poupe, Juliana. Deixa de palhaçada. Você que já vimos de todas as formas de nudez. Me deixe.
José Simão lhe deu foi ipobe, pois pelo que sei a novela está uma merda e olha que as novelas já são uma merda.
A Globo deveria é pagar royalties a José Simão por virar nossos olhos para esta novela com história medíocre. Glória Perez que emplacar Juliana Paes mas sinto muito, não dá. José Simão, Juliana Paes deve ter sido instruída para esta surpresa ao falar da castidade dela ou da personagem? Esta coisa de justiça foi marketing, amigo. Você caiu como patinho. Por falar nisto e a irmão dela Júlia Paes também não se doeu não. Perdendo tepo com esta moça?
Oi a theca dela com tarja...

Anônimo disse...

Eu acho que a Móya da novela deveria assumir que casou primeiramente com uma plantação de mandioca!