A verdadeira riqueza

Marina Silva, Terra Magazine

“Mudanças climáticas deixaram de ser assunto restrito a cientistas, ambientalistas e a quem procura ter uma postura ecologicamente correta. Chegaram ao mundo da economia, do comércio, espaços normalmente imunes a apelos que não sejam os do lucro. Descobriu-se o óbvio: o meio ambiente faz parte do jogo econômico. Ignorá-lo é perder.

A Organização Mundial do Comércio (OMC) já assume que a economia global será duramente afetada pelas mudanças climáticas. A tese está no recente estudo "Comércio e Mudança Climática", feito em conjunto com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP). O relatório prevê taxação de mercadorias provenientes de nações que não cortem suas emissões de gases do efeito estufa. Seria uma forma de evitar que benefícios climáticos obtidos com o corte de emissões em alguns países sejam anulados pela importação de produtos mais baratos de outros que não fazem a sua parte.

Trata-se de um bom passo adiante. O modelo predatório e ambientalmente irresponsável de desenvolvimento fica cada vez mais anacrônico. É a mudança de paradigma, como foi, há mais de um século, o fim do uso de mão-de-obra escrava.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: