O carrasco civil do porão militar

Alexandre Xavier, Terra Magazine

"É pena, mas um dos filmes mais importantes do ano entrou em cartaz na cidade de São Paulo em apenas uma sala de cinema. Culpa das engrenagens pouco azeitadas da indústria do entretenimento. Cidadão Boilesen venceu a última edição do festival É Tudo Verdade.

E, num país sem memória, mostrou-se um documentário obrigatório.
O filme disseca a trajetória de Henning Boilesen, o mais ferrenho financiador da Oban (a operação caça-terrorista montada pelo exército brasileiro). O dinamarquês Boilesen era o presidente do Grupo Ultra (da Ultragaz) durante a ditadura militar e é dono de uma história sádica surpreendente.

Mais do que contar esta história, Cidadão Boilesen deixa patente com entrevistas importantes, reconstituições inéditas e o resgate de um rico acervo, que a ditadura militar brasileira foi mesmo uma ditadura civil/militar. E que muito dos que a financiaram estão impunes por aí.

Cidadão Boilesen é fruto de 16 anos de trabalho do diretor Chaim Litewski. E com exceção da trilha original e de uma certa patinada na edição na primeira parte do filme, é uma obra coberta de méritos.”
Foto: Cidadão Boilesen disseca a trajetória de Henning Boilesen, o mais ferrenho financiador da Oban, a operação caça-terrorista montada pelo exército brasileiro
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: