Balanço 2009: Primeiros romances de ficção científica

Roberto de Sousa Causo, Terra Magazine

“Uma tendência talvez importante de 2009 foi o aparecimento dos primeiros romances de personalidades da Segunda Onda da Ficção Científica Brasileira (1982 ao presente). Especificamente, em 2009, Fábio Fernandes publicou Os Dias da Peste (Tarja Editorial), e Gerson Lodi-Ribeiro o seu Xochiquetzal: Uma Princesa Asteca entre os Incas (Editora Draco). O primeiro é um romance de FC sobre a "singularidade" tecnológica, e o segundo um exemplo de FC de história alternativa. Para 2010 já foi anunciado o primeiro romance de Carlos Orsi, A Guerra Justa, também a sair pela Draco.

É bom contextualizar um pouco a problemática dos romances de ficção científica brasileira.

Os primeiros apareceram logo no século 19. O mais conhecido - e mais reconhecidamente ficção científica - é O Doutor Benignus, de Augusto Emílio Zaluar (1825-1882), que assume os franceses Jules Verne e Camille Flammarion como influências diretas. O Doutor Benignus é um de três candidatos ao título de "Primeiro Romance de Ficção Científica da América Latina", juntamente com el maravilloso viage del Sr. Nic-Nac, do argentino Eduardo Holmberg, e Historia de un Muerto, do cubano Francisco Calcagno - todos os três publicados em 1875.

Também interessante, Rainha do Ignoto (1899), de Emília Freitas é reconhecido por acadêmicos como o primeiro romance fantástico brasileiro, com elementos de FC de mundo perdido. O livro de Freitas e o de Zaluar estão disponíveis em edições críticas lançadas por universidades.

É nas primeiras décadas do século 20, porém, que surgem alguns dos melhores exemplos de romances brasileiros de FC: Esfinge (1908), de Coelho Netto (1864-1934), com elementos daquilo que Braulio Tavares chamou de "ciência gótica", na linha de um Frankenstein de Mary Shelley; e A Amazônia Misteriosa (1925), de Gastão Cruls (1888-1959), e A República 3000 ou A Filha do Inca (1927), de Menotti del Picchia (1892-1988), dois excepcionais romances de mundo perdido.”
Artigo Completo, ::Aqui:
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: