Preciosa

Roberta Ribeiro, Revista Bula

“Na era Barack Obama, o primeiro filme dirigido por um negro entra na categoria principal do Oscar: “Preciosa”. Além de Melhor Filme, o longa-metragem concorre nas categorias melhor diretor (Lee Daniels), melhor atriz (Gabourey Sidibe) e melhor atriz coadjuvante (Mo’Nique). “Preciosa” narra uma história que envolve discriminação racial, violência doméstica, abuso sexual, gravidez na adolescência etc, etc, etc. A protagonista é uma garota de 16 anos que viver apenas de sonhos.

Vivendo, ou melhor, sobrevivendo no Harlem, bairro predominantemente habitado por negros de Nova York, Claireece Precious Jones é uma garota obesa, semi-analfabeta, mãe adolescente, que sofre constantes agressões da mãe e é abusada sexualmente pelo pai. Vivem do Seguro Social. Apesar da dura realidade, ou por conta dela, Preciosa sonha com um namorado branco “de cabelo liso” e bonito, sonhar em ser uma super pop-star.

Sua mãe, interpretada pela comediante Mo’Nique, odeia a filha. Em sua cabeça, ela roubou o “seu homem”. Quando a ação do filme começa, a adolescente está grávida pela segundo vez. Sua primeira filha é portadora é Síndrome de Down, e é chamada carinhosamente de Mongo. Mora com a avó, e sua mãe, é claro, tira proveito, recebendo dinheiro de uma pensão da assistência social que na verdade serviria de auxílio para os cuidados das crianças. Também a obriga a fazer todo tipo de serviço em casa. Desde trabalhos domésticos até os mais “íntimos”. É isso mesmo, a mãe também abusava da garota.

Sem apoio da família, ela vive em mundo fechado, senta na última carteira da sala de aula e, estando grávida do segundo filho é expulsa da escola. Começa a freqüentar um programa direcionado ao auxilio de jovens com dificuldades de aprendizagem. É nesse ambiente que Preciosa enxerga uma possibilidade de superar seus medos e suas dificuldades, mesmo sendo impedida. Sua mãe acha que estudar é besteira. Preciosa, sendo uma “bunda grande”, não pode perder tempo com essas coisas.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: