O segredo do argentino

Alexandre Xavier, Terra Magazine

“Sabe quando bate uma leve vontade de chorar, mas o ato de ir às lágrimas não é consumado? Sobra um gosto meio amargo, meio anestésico na garganta...

É como se as lágrimas ficassem latentes. Não se mostram fortes o suficiente para conseguir alcançar os olhos. Elas cedem à gravidade e ao consciente, mas te deixam mais vulnerável.

O diretor Juan José Campanella filmou uma história cujo resultado é deixar o espectador com esse gosto peculiar na garganta. E levou o Oscar de melhor filme estrangeiro por isso.

"O Segredo de Seus Olhos" provoca uma rara e balanceada mistura de emoções, sem deixar seus nervos em frangalhos. Muito pelo contrário até. É tudo muito sensível, belo. Marcas do cinema argentino.”
Matéria Completa, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: