O Pecado de Maria

Eliakim Araujo, Direto da Redação

“Maria é uma imigrante mexicana que vive no Arizona. Ela tem três filhos, de três, cinco e sete anos, todos nascidos nos Estados Unidos, cidadãos americanos portanto. De quinze dias para cá, Maria deixou de realizar uma rotina simples, mas que é a alegria e a realização de qualquer mãe: levar os filhos até a porta da escola.

Desde que a governadora do Arizona sancionou uma lei de imigração, de abrangência estadual, Maria ouviu falar que a polícia estava prendendo na porta da escola as mães que não tivessem documentos. Por isso, ela passou a se esconder e evitar locais públicos porque não tem o visto de residência.

Maria vive uma triste e absurda realidade kafkiana: é uma imigrante ilegal no país onde nasceram seus três filhos. Hoje ela deixa as crianças a três ou quatro quadras da escola e, de longe, com o coração apertado, acompanha os passinhos de seus queridos até que ultrapassem o portão da escola elementar.

A história de Maria é apenas uma entre milhares de outras tão ou mais dolorosas do que a dela. Sua eventual prisão vai transformar a vida da família no pior dos infernos: ela será deportada imediatamente e não poderá levar junto os filhos nascidos nos EUA, que serão transferidos para algum abrigo de menores do Estado, quando não oferecidos em adoção. É uma situação desesperadora e humilhante, causada por uma lei arbitrária e desumana.

Em resposta às muitas manifestações de protesto em todo país, os parlamentares e a governadora do Arizona, tentaram iludir a opinião pública incluindo na lei uma emenda que torna ilegal a discriminação racial, como se fosse uma grande novidade no país.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: