Agora é que são elas!

Antonio Carlos Pereira, adNews

“Boas negociadoras, delicadas e flexíveis no relacionamento com os diferentes tipos de público. Elas sabem captar as reais necessidades dos consumidores e, assim, ganham um lugar de mais destaque nos espaços profissionais. Para se ter uma ideia, segundo um boletim do Observatório do Emprego e do Trabalho, divulgado recentemente, em outubro de 2010, a participação das mulheres no mercado de trabalho paulista, um dos maiores do país, aumentou de 45,2% para 68,5% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Mesmo com a crescente entrada feminina nos espaços corporativos, o preconceito permanece grande e muitas empresas, por exemplo, ainda pagam salários menores às mulheres, embora estas ocupem cargos e desenvolvam atividades à altura dos homens. Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), divulgado na segunda semana de dezembro de 2010, revelou que a diferença salarial entre homens e mulheres no mercado de trabalho ainda é significativo. De acordo com o levantamento, do total da massa salarial das principais regiões metropolitanas, somente 40% corresponde à participação feminina.

Contudo, para o ano que começa, a expectativa é, sem dúvida, de maior evidência das mulheres nos mais variados setores. Para comprovar essa tendência, podemos pegar o exemplo mais direto, verificado na política nacional. Em 2011, o Brasil terá no governo a primeira presidente mulher da história. Além disso, o conjunto de ministros formado pela comandante eleita Dilma Rousseff será bem mais feminino, ao contrário do que ocorreu nos governos anteriores.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: