Os 80 anos do homem que mudou o mundo

Eliakim Araujo, Direto da Redação

“Passou quase despercebido pela grande mídia o aniversário do homem que mudou a história recente do mundo. Mikhail Gorbachev, o homem da Perestroika e da Glasnost, que foi secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética de março de 1985 a agosto de 1991, completou 80 anos no último dia 2 de março.

Gorbachev foi o último líder da extinta URSS e talvez não imaginasse que suas propostas tivessem um alcance tão grande que levariam ao fim do socialismo e à destruição do Estado soviético.

Em 1985, foi dele a iniciativa de convencer o Comitê Central do PC de que alguma precisava ser feita para restaurar a economia soviética, estagnada durante os anos do governo de Leonid Brejnev. Nascia assim a “Perestroika”, que quer dizer reconstrução.

Mas logo logo Gorbachev descobriu que a reconstrução da economia não seria possível sem a implementação de profundas reformas políticas e sociais que colocariam em risco o próprio regime comunista, àquela altura dominado por velhos dirigentes de conceitos superados e que resistiam a qualquer mudança.

Gorbachev superou esse pessoal da velha guarda do PC e, à medida que suas reformas iam sendo implantadas, a cara da União Soviética ia mudando diante do mundo. Surgia assim a “Glasnost”, que significa abertura, no sentido de transparência da livre discussão dos problemas sociais.

Faltava, entretanto, à União Soviética mostrar-se ao mundo através de uma nova diplomacia, aberta ao diálogo com todos os países, mesmo com os que praticavam um tipo de capitalismo selvagem e contrário aos ideais solicalistas.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: