Pessoas especiais

Leila Cordeiro, Direto da Redação

“Hoje, resolvi rasgar a fantasia, como se diz quando alguém decide colocar pra seus mais profundos pensamentos. Quer saber? Eu acredito sim que existam seres mais especiais que outros. Pessoas que nascem com a missão de nos fazer aprender e chegar cada vez mais perto do que um dia poderá ser a perfeição.

Se não o que diríamos de Jesus, Budah, Gandhi, Martin Luther King e outros líderes políticos e espirituais, cada um na sua época, que morreram de forma trágica: assassinados, como se estivessem chamando a atenção do mundo para a sua missão de paz nesse planeta?

Cada noite que durmo e cada dia que acordo, fico pensando como dizer a todas as pessoas que creio num outro lugar, numa dimensão ainda desconhecida, onde vamos viver depois da morte do nosso corpo e que ainda não admitimos como verdade. Temos um corpo tão frágil, mas que é tido como fortaleza por nós! Se não pensássemos que seria indestrutível, por que seríamos sempre os primeiros a destruí-lo?

Por que somos os primeiros a não respeitá-lo? Por que somos aqueles que não acreditam que ele é perecível e tem data de validade? Por que somos aqueles que não aceitamos a velhice dos órgãos, das células, dos nervos e dos membros que, queiramos nós ou não, se deterioram e vão-se pelos escuros da vida?

Você deve estar se perguntando, por que ela resolveu escrever tudo isso de repente? Mas não foi de repente. A gente pensa que as coisas acontecem assim, de repente, mas elas estão lá, escritas nas entrelinhas das nossas vidas para quem quiser ver e entender cada etapa da nossa eternidade.

E quanto mais vivo, acho mais difícil confiar nas pessoas! Acho que, cada vez mais, elas estão ligadas no que apenas lhes trará vantagens, prazer e oportunidades. Não consigo ver transparência em grupos que se chamam de amigos somente porque esperam algo em troca. Falsidade pura!”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: