Tebow e Fé

Daniel Bushatsky, Digestivo Cultural

“Não é fácil prometer fé, esperança e amor, muito menos se comprometer mundialmente com estes símbolos e os significados que eles trazem em países pobres ou para pessoas carentes, mas é justamente isto que Tim Tebow anuncia em seu site. Às vezes a ajuda será monetária, às vezes será através da realização do sonho de uma criança doente. O grande sonho, em geral, é conhecer seu maior ídolo, que somente poderia ser Tim Tebow.

Para quem não sabe, Tebow é um dos jogadores de futebol americano mais admirados dos Estados Unidos, atuando na importante posição de quarterback, com muito destaque, colecionando elogios e prêmios.

Ele não é somente famoso pelo jeito bonitão ou por suas jogadas fantásticas, mas também pela famosa entrada em campo, rezando para que Jesus o proteja, bem como com seus números (estatísticas) que se assemelham a passagens bíblicas (a mais citada é João 3:16, após ele dar um passe de 316 yards — uma distância considerável).

Tebow é para alguns o representante de Deus na terra e nas palavras de Bryan Fischer, da Associação da Família Americana, odiá-lo é como odiar Jesus, pois "Jesus Cristo vive em Tebow".

A dúvida sobre sua divindade cresceu nos Estados Unidos da América quando o Broncos, time de Denver, Colorado, perdeu o jogo e foi desclassificado do campeonato nacional. Tom Krattenmaker, estudioso e autor de livro sobre atletas cristãos questionou em reportagem no USA TODAY, de 16 de janeiro de 2012, se "Quando Tim Tebow perde, Deus perde, também?".
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: