O Aziz geógrafo e o Aziz professor


Alceu Castilho, 247

“A semana da calourada na Geografia da USP, em 2011, teve seu desfecho numa noite de sexta-feira, no vão livre do prédio que abriga a História e a Geografia – um dos mais conhecidos e mais frequentados da Cidade Universitária. A certa altura da noite um carro para no estacionamento. Dele desce Aziz Ab'Saber. Sai com dificuldade do carro e não fala nada. Aguarda a abordagem dos estudantes, que mal acreditam no que veem. Tiram fotos com o professor – com o ídolo. Aziz fica alguns minutos e sai. Estivera ali apenas para isso.

Essa cena se repetia nos anos anteriores. Em 2012, Aziz não cumpriu o ritual. Sua relação com a Cidade Universitária era muito próxima. Caminhava pelo campus e estava sempre na biblioteca da FFLCH. Um relato da estudante Maria Carlotto, publicado no Facebook, é fundamental para se entender essa relação:

"Ontem, por volta das 22h, um funcionário da Faculdade de Filosofia passou avisando aos poucos que restavam que a biblioteca estava fechando. Desci as escadas e, como sempre, vi o professor Aziz Ab´Saber sentado em uma mesa de canto lendo, com a ajuda de uma lupa, um livro de quase mil páginas. As luzes da biblioteca estavam se apagando, mas ele insistia em continuar, resistindo no limite da desobediência.

Nos últimos anos, vi essa cena muitas vezes e ontem, por um segundo, sorri por simpatia daquele professor que não precisava estar ali, numa quinta-feira de chuva, enfrentando uma tarefa que parecia superar as suas forças. Hoje à noite cheguei nessa mesma biblioteca e a mesa estava vazia. Nenhuma nota de falecimento. Tudo funcionava normalmente, impelido por uma corrente de normalidade que nos oprime e contra a qual ele dedicou a sua vida, com grandes obras e pequenos gestos como esse, de resistir diante de um livro, sob uma mesa no escuro.

Talvez seja o prenúncio dos tempos que se iniciam numa USP que certamente não foi a que ele conheceu."
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: