MMA: bate que eu gosto


Eberth Vêncio, Revista Bula

“Cabeçada. Dedo no olho. Mordida. Puxões nos cabelos. Beliscões. Cócegas no sovaco. Arranhaduras. Cusparada no rosto. Chute no escroto. Murro no escroto. Mordidas no escroto. Qualquer tipo de ataque contra os preciosos escrotos. Golpear os rins utilizando os calcanhares. Enfiar o dedo no ânus, nas narinas, nos ouvidos, ou qualquer outro tipo orifício, tais como cortes e lacerações. É proibido enfiar o dedo na ferida, literalmente.

Telefone (técnica de tortura muito utilizada pelos antigos regimes militares, que consiste em palmadas simultâneas nas orelhas). Porrada na coluna vertebral. Pancada na nuca. Cotovelada desferida de cima para baixo. Atacar a garganta. Chutar a cabeça do adversário como se fosse uma bola de futebol, enquanto ele estiver rendido na lona. Joelhada na cabeça, se o sujeito estiver prostrado. Arremessar o adversário para fora do ringue, como num desenho animado.

Segurar o inimigo pelas ceroulas. Utilizar linguagem imprópria ou abusiva no ringue (O que seria tão impróprio e abusivo: “Tô pegando sua mulher”? “Vem no colinho do papai”? “Deus não existe”? “Você é amigo do Carlinhos Cachoeira”? “Seu pênis é menor que o meu”?). Passar na superfície do corpo gosmas e melecas escorregadias. Imitar um bagre ensaboado. Atacar o adversário nos intervalos. Desistir do combate. Acovardar-se. Fingir lesão. Fingir compaixão. Jogar a toalha durante a luta. Cair na lona de joelhos, estender os dedinhos indicadores para o céu e agradecer a Deus por ter destroçado o adversário.

Há um ligeiro e imprescindível floreio da minha autoria, mas estas são as principais proibições aos lutadores de MMA (Artes Marciais Mistas) durante os embates. Parece engraçado, se não fosse doloroso. O impedimento à tal deflora dos orifícios é real. O esporte é controverso. Há, inclusive, dúvidas gravíssimas se se trata mesmo de esporte ou pancadaria organizada. A fim de evitar provocações e preservar os meus sagrados orifícios, não entrarei nesta seara contra os brutamontes da luta livre e seus aficionados.”
Artigo Completo, ::Aqui::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: