Seja o primeiro a curtir isto


Eberth Vêncio, Revista Bula

“Já notaram que uma das coisas com que as pessoas mais se excitam é dar notícia ruim? Contar desgraças é palpitante e, numa roda de conversas fiadas, faz enorme sucesso. Os olhinhos brilham. Todos esperam ouvi-lo.

As gestantes (coitadas!), por exemplo, passam todo o pré-natal tomando vitaminas, levando dedadas na vagina e ouvindo das comadres, parentes e estranhos causos de decessos obstétricos os mais dantescos do planeta.  Sempre aparece alguém com aquela estória do bebê que passou da hora e nasceu roxinho.

Na seara dos dramalhões, eu me atrevo em contar mais uma. Reuniu a família na sala e disse: “Gente, eu vou morrer em breve”. A filha adolescente, que manuseava um ismarte-fone, entretida em fofocas e intrigas virtuais, pausou os polegares, deixou cair o queixo, a parecer ainda mais abestalhada que o costumeiro.

O irmão mais velho, a princípio injuriado pela abrupta interrupção quando então dedicava uma punheta a Popozuda Mascarada da Laje no banheiro (“Vem logo, menino”, ralhou a mãe), expressou uma face estarrecida, a melhor de todas as faces estarrecidas da sua curta existência. A mãe, que tomava chá verde emagrecedor, ficou pálida, bambeou as mãos e derramou o líquido fumegante no colo obeso cultivado às custas de muita comilança desenfreada, sedentarismo e duas barrigadas. Demandava perder peso, melhorar o visual, já que o marido parecia deveras interessado nas mulheres da vizinhança, muitas delas bem mais jovens, bonitas e jamais enxertadas. Seu sexto sentido vivia a lhe trair, ao fantasiar aventuras do marido com amantes. Então sofria de toda insegurança de que era capaz.

O marido, cujo corpanzil encontrava-se igualmente detonado pelo efeito do tempo, do estresse, da falta de atividade física e do excesso de trabalho, ultimamente andava mais preocupado em dormir cedo do que dar trepadinhas domésticas quinzenais e fantasiar intimidade com as outras mulheres. Até para atingir orgasmos o seu peculiar pragmatismo estorvava.”
Artigo Completo, ::AQUI::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: