É estúpido calcular quanto a economia brasileira perde nos feriadões

Rui Daher, Terra Magazine /  Blog do Rui Daher

Nas suas magistrais crônicas para a BBC Brasil, o jornalista e escritor Ivan Lessa, falecido neste ano, costumava fazer pilhérias com pesquisas de pouca utilidade divulgadas pelos britânicos.
Até aí, tudo bem. Mesmo no Brasil, muitas delas, de tão patéticas e caricatas, servem apenas como diversão.

Fazem-me, no entanto, transitar do bom para o péssimo humor, aquelas pretensamente sérias, que insinuam verdades restritas, parciais e prejudicam o bom entendimento do tema.
Pior quando influenciam a percepção da sociedade sobre minorias, elevam preconceitos e justificam a baixa estima.

No último artigo, discuti os acesso e posse de evoluções tecnológicas do consumo moderno em mãos indígenas, conforme exposto pelo Instituto Datafolha, em encomenda da CNA.

Ontem, o desgosto veio da Folha de São Paulo, que pediu a analista da Fundação Getúlio Vargas uma estimativa do custo que representam os feriados em dias úteis para a economia.

Por certo, a matéria aproveitava a coincidência dos últimos seis dias de forca.

Manchete: “Feriados irão ‘comer’ um Paraná do PIB brasileiro”. Cálculo: perda de R$ 173 bilhões ou 4% do PIB estimado pelo FMI para o Brasil, em 2012.”
Artigo Completo, ::AQUI::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: