Vade retro, bondade!


Graça Taguti, Revista Bula
 
“Vamos googlezar? O verbo atualíssimo do pai dos burros digital (O Google, aliás, sempre me remete a onomatopaicos ruídos de goles de água, ou algum tipo de gargarejo faríngeo — já pensou nisso)

Bom, não importa. Fato é que durante minuciosa pesquisa, cheguei à definição: “Vade retro Satana” (“Afasta-te, Satanás”) é uma fórmula medieval católica de exorcismo, composta no ano de 1415 e encontrada numa abadia beneditina na Baviera, Alemanha. Palavra da Wikipédia, enciclopédia mutirão-digital desenvolvida por mentes e braços do mundo inteiro. Vade retro! Vocativo bombado, esse.


Na verdade, nas obscuras vielas das cidades contemporâneas mundo afora, a selvageria humana abunda. Grassa, extrapola qualquer inimaginável senso de medidas. Ser ruim, cruel, mau mermo, broder é bafo — atesta a gíria. Tu tem que ser muito verme, macho de responsa pra aprender as delícias do soturno e opulento prazer, proporcionado pela excelentíssima majestade, a dona crueldade.

É cara, assim como morrer está fora de moda, o maneiro é virar zumbi, walking dead do pedaço (sério, já tem até cirurgia disponível pra quem desejar realizar o máximo ideal de se juntar, na real, à Zumbilândia. Uhuh!). Que Disneylândia, que nada. Isso é para os fracos, vociferam as ferozes testosteronas de nossa belicosíssima época. Então, como dizíamos, não adianta cruzar os dedos, agarrar réstias de alho com sofreguidão, municiar-se com balas de prata de olho no implacável inimigo.”
Artigo Completo, ::AQUI::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: