Engendrando e contanto a nova história


Hazel Henderson, Envolverde

“Especialistas em Marketing concordam que mudanças em larga escala no comportamento social humano começam com novas histórias. Toda cultura tem sua própria criação de narrativas e suas histórias formam seus arranjos institucionais e sua realidade consensual.

Humanos são criaturas sociais; vivendo, por toda parte, em grupos: famílias, bandos nômades, vizinhanças, comunidades, cidades e as atuais nações e corporações globais. Cada um destes grupos, em seu próprio nível, tem sua história, legitimando suas relações de poder, elaboração de regras, divisão de trabalho e níveis de pagamentos e recompensas.

A globalização atual de tecnologia, comunicações de massa, viagens, migrações, mercados e finanças coloca, de novas maneiras, todos estes grupos e histórias juntos e nas atuais familiares colisões. Crenças religiosas adoradas e novas ordens seculares colidem e suas realidades consensuais divergentes desafiam os arranjos institucionais, umas das outras. Velhas histórias perdem seu poder e falham em manter a coerência e a ordem social.

Hoje, estamos vendo o choque destas histórias e culturas e os conflitos que elas criam em todos os países e regiões: desde os levantes da Primavera Árabe ao fundamentalismo nas religiões, manifestações nas ruas, revoltas dos jovens desempregados indignados, até o movimento mundial ” Occupy”. Grupos civis e ONGs denunciam as corporações com seu marketing e sua exploração comercial das comunidades e da natureza. Por toda parte, histórias se confrontam e realidades consensuais se desfazem. Pesquisas revelam que instituições dominantes como igrejas, governos, corporações e até a ciência e a academia não são mais consideradas confiáveis, enquanto que políticos amargam uma baixa reputação. Até os mais inteligentes marketeiros, com suas novas narrativas construídas com todo cuidado, são criticados de “greenwashing”.
Matéria Completa, ::AQUI::
Enviar Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: